quantos estao lendo agora

gostou? recomende


domingo, 6 de janeiro de 2013

AVC dói...


Meu nome é Mauren e eu sofri um avch no dia 22 de outubro de 2012 com 37 anos,senti muita dor de cabeça e fui socorrida por meus familiares,já cheguei ao hospital com o lado esquerdo todo paralisado. Fiquei 23 dias internada,não precisou fazer cirurgia,voltei pra casa e vi como é triste esta enfermidade, ja ando,apesar de mancar muito, meu braço já está quase bom,meu pé nem se move,estou com muito medo do futuro,faço fisio 3 vezes por semana,não saio só. Preciso de ajuda pra tomar banho,quando caio não consigo levantar,me dói o braço é ruim para dormir,estou com sérias dificuldades ,não acredito mais em muitas coisas,perdi a fé, viver é terrível,mas estou bem animada,confiante e achando que ainda é cedo pra desistir,graças a muitos relatos que tenho visto aqui.

6 comentários:

Anne Matthey (Um Croqui, Uma Vida) disse...

É possível sim superar a dor, principalmente a dor na alma.

Também sofri um avc em 10 de março de 2012, com 36 anos.

Agora tenho 37 e ainda estou em tratamento. Faço minha reabilitação no IMREA da Lapa. O melhor lugar que Deus preparou para pessoas com o nosso caso.

Espero sinceramente que encontre consolo no apoio da família e amigos. São uma alavanca fundamental para que possamos nos reconstruir!!!

Bjs,
Anne

diogo disse...

não perca suas esperanças nada é para sepre tudo tem seu fim bom ou ruim .tive um avc fiquei com problemas na memória fala e prolemas do lado direito só deus para amenizar os sofrimentos

Anônimo disse...

minha amiga eu tbm sou um sobrevivente de um avc fiquei com seuquelas na memória e fala e puxando do lado direito das pernas ,faço fonoaudiologa ,fisioterapia olha amiga sinto muita tristeza vivo na solidão ,como a vida acabou tenho 02 filhos e 30 anos só deus para amenizar os sofrimentos ,tenha muita fé.

Marcos Medeiros disse...

Voce esta viva,nao seja mal agradecida a deus!enquanto houver vida,a esperanca portanto pare de se sentir so,pois a maior companhia de todas vc tem.A de DEUS

Dani disse...

Verdade, agradeça estar viva. Eu agradeço sempre

Anônimo disse...

Também me sinto assim,tive há 2 anos um AVC com 36 anos,perdi muito da minha fé,não me acho uma mal agradecida,pois ninguém merece passar por uma situação dessa.É natural questionarmos a questão de um ser superior que -dizem-que me deu uma vida,para depois passar por uma enfermidade dessa,e eu ainda tenho que agradece-lo?Façam-me o favor.Deus não existe.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

TRANSLATOR

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish
Translator Widget by Dicas Blogger
Edit this page (if you have permission) | Report abuse Google Docs -- Web word processing, presentations and spreadsheets.