quantos estao lendo agora

gostou? recomende


sábado, 19 de janeiro de 2013

AVC aos 33 anos, com filho de 40 dias



para mim
  Olá, meu nome é Viviane e venho aqui relatar a trágica história do avc hemorrágico que meu esposo Agenor de 33 anos sofreu em 29 de maio de 2012. Estava ele em   mais um final de dia de trabalho. Estava tão bem que jamais alguem diria que iria ter nada.
Estava conversando com seu pai, quando derepente sentiu uma forte dor de cabeça. seu pai lhe deu um remédio, mas a dor não passava e seu pai já agoniado me pediu para eu descer da nossa casa que fica em cima do comércio deles, onde eu estava com nosso filho de apenas 40 dias, desci para ver o que era e ele estava já deitado no chão com as mãos na cabeça. Eu achando ser algo simples, mas falei para o pai leva- lo ao hospital e ele correu para pedir ajuda. Eu fiquei sozinha com o bêbe, enquanto o meu sogro o levava para o hospital. 
Comecei a ficar aflita e liguei para saber de noticias, em seguida fiquei sabendo que o caso era grave. Ele foi levado para a semi intensiva, onde fora diagnósticado que se tratava de uma avc. Ele já estava sem conciência e o médico falará que o caso era de cirúrgia, mas que mesmo assim ele poderia não resistir, minha cunhada pegou nas mãos do médico e entregou a Deus.
Nesse momento, nós, familiares já nos encontrávamos todos na porta do hospital, parecia um pesadelo, não tenho palavras para explicar tamanho sentimento de dor que nos consumia.
Foram mais o menos umas 3 horas de cirurgia e graças a Deus ele resistiu. Foi levado para a uti, sedado e no dia seguinte fomos ve-lo. Eu fui a primeira a entrar e lá estava ele, entubado. Eu usei o me  pequeno tempo falando com ele, mesmo sem saber se ele estava ouvindo. Os dias foram se passando, ele continuava sedado, os médicos achavam que não sobreviveria, mas a fé não perdiamos. 
Em casa a gente vivia de uma forma que não dá para explicar, cada dia, cada noticía; boa ou ruim, muita oração. O quadro dele se complicou devido a uma infecção no pulmão que nos preocupava bastante. Passado 17 dias ele foi levado para a enfermaria, onde ficaria dia e noite sobre nossos cuidados. Aos poucos ele foi acordando, mas  não tinha  movimento do lado direito do corpo, nem falava, pois além da sequela, ainda estava com traqueo. Vivia com febre direto, usava sonda de alimentação e urinária e nem sabiamos nem se tinha conciência, chegaram até a dizer que ficaria vegetando. As vezes se agitava de uma forma que nos deixava super agoniados. Os dias se passavam e com um mês de enfermaria, já sem infecção foi mandado para casa. 
Chegou em casa já sem traqueo, sem as sondas, apenas não conseguia firmar a cabeça e nem falava  nada que se pudesse entender. Ficou acamado,  Começou as fisoterapia em casa e sentia muita dor. Agora faz quase 8 meses do ocorrido. Ele está se recuperando bem, já anda com nossa ajuda, faz tudo no banheiro e entendemos quase tudo que fala,  alem da conciência que ficou perfeita. Para mim foi um verdadeiro milagre e em breve quero contar que ele estará ainda melhor. 

DEUS È FIEL
Quem quiser me add no face, meu nome é Viviane Santos de Campina Grande ( na foto do pefil tem 3 pessoas)

2 comentários:

Anônimo disse...

deus nao coloca obistaculo na vida ato ele testa a fe da pessoas,calma ele esta do seu lado em todos os momentos vai te abençoar tudo vai dar certo

Dani disse...

Fiquei muito feliz em saber q ele está se recuperando.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

TRANSLATOR

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish
Translator Widget by Dicas Blogger
Edit this page (if you have permission) | Report abuse Google Docs -- Web word processing, presentations and spreadsheets.