quantos estao lendo agora

gostou? recomende


quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

AVC após bariátrica

ola..meu nome eh Eliana do Prado, queria dividir com vcs a minha historia, que nada eh do que igual a muitas outras mas com uma diferenca.. o que era pra ser meu vilao hoje eh o meu salva vida..o AVC Hemorragico.

Foi dia 26 de agosto de 2012 eu internei 6 hs para uma cirurgia as 7 hs, bariatrica, foi meu primeiro engano..eu nao me enquadrava nos requisitos obesidade morbida, pesava 96 kg e media 1,73 cm..

As 11hs o medico terminou a cirugia e me colocou na sala de recuperacao, ainda anestesiada, 17hs a minha estava em desespero querendo me ver pois nao tinha voltado da anestesia, qdo ela me viu e descobrir a coberta que me cobria ela viu muito sangue, estava tendo hemorragia, a maquina que via pulsacao apitava sem parar, estava vendo um choque, faltou oxigenio no cerebro e consequentemente me deu AVC hemorragico..o medido perfurou o meu baco e o meu fiado..em desespero pela vida, eu lutei com todas as armas e foi ai que eu conheci o terrivel avc.

Fiquei 8 dias de coma sem perspectiva que fosse viver, 2 meses de hospital, 6 meses de cadeira de rodas, 1 ano para voltar a falar e poder lembrar das coisas..
Hj eu  sinto que voltei a vida..sou sozinha..e me viro como posso, o meu lado direito esta lesionado motoricamente, mas eu dirijo, tirei carta e comprei um carro adptado, lavo  loucas, faco comida, tomo banho, visto roupa, penteio o cabelo, faco maquiagem, ando com a ajuda de muleta, enfim..sou independente.

Nao eh facil, mas busco incessantemente a melhora, perdi ao mesmo tempo a loja que durante 15 anos eu a tive, nao tive condicoes de toca-la, perdi dinheiro, amigos, minhas filhas cuidam da vida delas..no comeco pode ate ser que ajudam..mas depois eh voce..SO VOCE.

Essa eh a  minha historia  de superacao..todo dia..alegria, otimismo, valorizacao da vida..

Um grande abraco,

Eliana Prado.

sábado, 20 de dezembro de 2014

AOS 19 ANOS... recuperada em um ano

Olá, venho por meio deste contar minha história. Tenho 19 anos, e no dia 14 de janeiro de 2014 eu comecei a sentir muita dor de cabeça, mas como tenho hipermetropia (dificuldade de ver de perto, como em leituras por ex ) era normal acontecer de vez em quando, então tomei um remédio e continuei trabalhando.
Depois do almoço, vomitei e não me sentia nada bem, resolvi então ir ao hospital, pelo Sus, na emergência. Aí depois de umas duas horas mais ou menos me atenderam, ai como eu disse que estava com dor de cabeça e vomitando, o médico nem me olhou na cara, simplesmente me encaminhou pro soro, onde me deu alguns remédios e me liberou. Voltei pra casa meio grogue e logo fui dormir.
No outro dia, eu estranhei muito que acordei ainda com dor de cabeça (normalmente quando é da hipermetropia com uma noite de sono ela vai embora) mas como tava começando num trabalho novo, tomei um remédio e fui pra lá. Durante esse dia, comi pouco pra não piorar o estômago, e passei o dia todo com dor de cabeça. Quando cheguei em casa de noite pedi pra mãe uma sopa, pois estava com fome mas não queria nada pesado. Comi e fui dormir, e essa é a ultima coisa de que me recordo. 
Por volta das duas da manhã, minha mãe acordou ouvindo sons de vômito no meu quarto, e foi pra lá. 
Diz ela que eu estava vomitando deitada, então ela me acordou e me levou pro banheiro, lá ela fez uns chás e me deu remédios, mas segundo ela eu ainda falava e caminhava normalmente. Quando parei de vomitar ela me disse pra voltar pra cama, e eu disse que queria ficar mais no banheiro. Ela então voltou e acabou dormindo, acordando só as 5h com o despertador. Quando acordou lembrou de mim e veio rápido pra ver como eu estava, me contou que ao chegar no banheiro eu estava sentada no chão e havia feito várias bolinhas de papel higiênico e jogado no chão, já não falava ou caminhava, sequer ficava de pé. 
Então me levou para o hospital aqui de Gramado RS, lá fui atendida por um ótimo neurologista, que logo me encaminhou para a tomografia, e constatou: havia se formado um coágulo na minha veio de galeno (pra quem não sabe, assim como eu não sabia, essa é uma veia localizada bem no meio do cérebro, e por isso inoperável), logo me medicaram então e eu fiquei ali esperando uma vaga em um hospital de Caxias do Sul, ali, pelo que me contam, minha situação era devastadora. Eu rugia com os dentes e me debatia com o lado direito na maca, mobilizei o hospital todo. Durante a noite, finalmente consegui uma vaga lá e fui na ambulância mesmo, chegando em 40 minutos  (normalmente leva-se 1h30min). Logo quando cheguei, me induziram ao coma e disseram pra minha mãe: "Essa é uma trombose muito rara, e com 90% de morte".
Minha mãe entrou em desespero. Enquanto eu estava em coma na cti uma médica sempre dizia pra ela "É melhor a senhora ir se conformando, que seeeee ela sobreviver vai passar o resto da vida vegetando, a senhora vai levar um bebê pra casa."
Passei um mês em coma e mais 15 dias no hospital, já com sonda, traqueostomia, fraldas, e sem nenhuma consciência. Quando voltei pra casa demorou ainda mais de um mês pra ficar bem consciente, eu tomava cerca de 8 remédios, de 4h/4h, via sonda, estava com meu lado esquerdo totalmente paralisado. 
Bom, em abril eu tirei a traqueo e comecei a fazer acompanhamento com fonoaudióloga e fisioterapeutas. Logo voltei a andar e tirei as fraldas e a sonda.
Hoje em dia, faço tudo sozinha, falo normalmente e tomo só dois remédios. Sigo com acompanhamento de fisios, mas pra como eu estava já posso dizer que nasci de novo. Cada dia é uma vitória nova, e isso tudo serviu pra ver a vida bem diferente, dou muito mais valor agora pra pequenas coisas e realizações. Agradeço todo o dia a Deus por ter me dado essa segunda chance. 
Falei recentemente com o neuro que me diagnosticou e ele disse que a minha trombose foi tão grave que minha recuperação tá excepcional, por nem fazer um ano ainda eu devia ta de cama. Me manifestei aqui pois logo que fiquei consciente enfrentei uma grande depressão, mas amigos, quem tem Deus, tem tudo. A vitória é certa pra todos. Acreditem.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

TRANSLATOR

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish
Translator Widget by Dicas Blogger
Edit this page (if you have permission) | Report abuse Google Docs -- Web word processing, presentations and spreadsheets.