quantos estao lendo agora

gostou? recomende


segunda-feira, 29 de agosto de 2011

AVC une ou destrói...



Em fevereiro do  ano de 2009 meu avô morreu após 5 derrames.E no dia 12/04/2009 minha mãe teve um avc isquêmico. 
Ela já não estava se sentindo bem algum tempo e os médicos suspeitavam de labirintite.Vivia dormindo por causa do peso na cabeça, já nem tinha alegria. Na madrugada véspera da pascoa ela pediu para ir ao banheiro pois não estava conseguindo levantar, meu pai foi me acordar para ajuda-lo quando a vi gelada, suando.Achei que poderia ajudar dando um anti coagulante ela teve convulsão.Imediatamente chamei o samu.
Quando coloquei ela na cama já não estava falando mais e nem tinha mais o movimento do lado direito.Como era feriado neste dia não tinha neurologista no hospital e ela ficou no corredor até conseguir um quarto pra ficar,nesse tempo eu não me esqueço até hoje seus olhos viraram,sua boca entortou.Me deu uma agonia de ve-la naquela situação sem poder fazer nada.
Logo no 1 dia foi colocado a sonda.Eu orava a deus todas noites pra me dar forças e não chorar na frente dela pra ela não ficar mais triste.Ficou dormindo dias direto não via nada que acontecia.ficou 1 mês internada.
Nessas horas a gente sabe quem é amigo da gente pois fiquei 37 dias dormindo no hospital sem voltar pra casa pois ninguém da minha família queria ficar lá. Foram dias difícil passavam todos os dias chorando pedindo a deus sua recuperação.
Minha irma trouxe para mim uma bíblia que deixava aberta sobre a cama da minha mãe. Os dias passavam e como era triste ver as pessoas que estavam ali morrendo, dava um desespero.
Quando voltou pra casa tive que aprender a dar banho na cama fazer a comida da sonda, arrumar a casa e fazer as fisioterapia com ela. Minha mãe demorou para falar e quando falava era difícil de entender.Para ficar em pé demorou uns 4 meses mas o lado direito ainda esta comprometido..
O derrame ele une a família ou destrói. Hoje na minha casa não vem ninguém , sem somos convidados para festas , os amigos se afastaram e minha mãe vive em depressão chora muito porque era uma mulher ativa, trabalhadora ,mas graças a deus sempre estive em pé com forças para lutar por ela procurando meios de reabilita-la.
Por isso eu digo nessas horas a família fica unida em prol da melhora daqueles que amamos e se as pessoas sumirem não sinta raiva delas só sabe o que passa com a gente quem já passou por isso, não podemos cobrar dos outros ajuda e sim solidariedade , mas se mesmo assim for difícil devemos seguir a vida sem magoas que Deus dará vitória.
Um abraço a todos que estão passando por esta luta que não desancoragem jamais 

Cristiane Gomes Pereira


2 comentários:

Anônimo disse...

eu respeito a sua mensagem tenho 32 anos e tive um avc recetemente mt força eu estou a recuperar sua mae tb vai eu estava numa cadeira de rodas ja a deixei mt força tania oliveira

Anônimo disse...

Você tem muita sorte de ter sua mãe de volta, mesmo com limitações ela do seu lado, e sua mãe também tem muita sorte, em ter uma filha tão iluminada como você!!!

Força e que Deus te ilumine nesta luta!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

TRANSLATOR

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish
Translator Widget by Dicas Blogger
Edit this page (if you have permission) | Report abuse Google Docs -- Web word processing, presentations and spreadsheets.