quantos estao lendo agora

gostou? recomende


sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Demora no diagnóstico


Minha mãe tem 68 anos e após acordar, sentiu uma forte dor de cabeça, um travamento no pescoço e também dor nos músculos entre pesçoço e ombros onde seu pescoço parece que ficou inchado. Segundo ela, parece que começou no rumo da testa, passando por cima da cabeça, chegando à região da nuca. 


Saímos às pressas e fomos atendidas no Pronto Atendimento Municipal, o médico que a atendeu medicou-a com relaxante muscular e a liberou após melhora da mesma. Creio eu que este já era um dos sintomas de AVC H, mas como leigos, eu e minha família acreditamos ser apenas muscular.
Mesmo após tratamento para a dor muscular, ainda ficou sentindo um pouco de incômodo. Marcamos uma médica para que fizéssemos um checap. Por ser minha mãe fumante, a médica aconselhou-a a parar e passou uns comprimidos para que a ajudasse parar e  foram pedidos vários exames, que seriam mostrados dia 03 de janeiro para a doutora, os quais estavam na estante da sala de estar da casa de mamãe, prontinhos e nos mesmos nenhum parecer. Sendo fato, que a médica pediu da cabeça apenas raio X. 
Mas no dia 30 de dezembro, logo ao acordar, meu pai encontrou minha mãe desfalecida na beira de sua cama e ele rapidamente me ligou e prontamente a levamos para o PAM. Chegando ao hospital, o médico e enfermeiros fizeram os primeiros socorros e ela recobrou um pouco os sentidos, mas quando eu cheguei próxima a maca onde ela estava, pediu para fazer xixi e revirou para trás. Gritei para o pessoal, e eles fizeram mais uma vez os procedimentos de atendimento e com a suspeita de AVC, foi feita uma tomografia Foi diagnosticado dois AVCs Hemorrágicos, e sua pressão estava 5 por 3. Foi necessária medicação para subir a pressão para que ela aguentasse uma cirurgia urgentíssima para limpeza do cérebro, pois sua tomografia mostrou uma grande quantidade de sangue do lado direito. 
Ao sair da sala, o  médico nos disse que também havia um aneurisma, só que ele não mexeu, pois ela estava fraca e não aguentaria. Assim, ela recupera desta retirada dos coágulos. Hoje, fazem 13 dias que ela está no UTI da Santa Casa, após coma induzido, ficou com respirador e alguns aparelhos, os quais já não os utiliza mais.  Hoje foi feita uma traqueostomia, segundo os médicos, é normal este procedimento. E aos poucos, farão a diminuição do uso deste orifício. Fico anciosa pelos resultados e evoluções e minhas família também! Em nossa entradas na UTI para visitação, cada um faz sua oração para ela (salmos 23/91/100 e outros, além do Pai Nosso), conversamos com ela e em alguns momentos, mesmo imóvel, há reações como lagrimas nos olhos, movimento da língua e olhos que se abrem e fecham levemente, e alguns mexidinhos nas pernas, mãos e pés. 
Para nós está sendo muito difícil, mas temos a fé de que seremos atendidos por Deus, por nossos pedidos e principalmente pela fé que minha mãe tem em Deus, pois todas as vezes que apresentamos a ela algum problema sempre dizia:
" ___ Mande este mal embora, pois ele está amarrado no nome de Jesus!" E assim deixo aqui meu  depoimento para que outras pessoas possam se servir do mesmo... JESUS EU CONFIO EM VÓS! NÓS CONFIAMOS EM TI OH PAI! FAZ UM MILAGRE NA VIDA DE MINHA MÃE EM NOME DE JESUS, POIS ELE TOMOU SOBRE SI TODAS AS NOSSA DORES! OH ESPÍRITO SANTO QUE TEM SEU TEMPLO NA VIDA DELA, AJUDE-A A ACHAR O CAMINHO E A FORÇA, E REAGIR E NÃO ACEITAR ESTA MALIGNIDADE! AMÉM! GLÓRIAS AO N.S.J.C.!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

TRANSLATOR

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish
Translator Widget by Dicas Blogger
Edit this page (if you have permission) | Report abuse Google Docs -- Web word processing, presentations and spreadsheets.